1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer
TAMANHO DO TEXTO

Pós-Graduação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS)

::cck::59::/cck::
::introtext::::/introtext::
::fulltext::

Ensino, Tradução e Interpretação

 

  1. Justificativa do Curso

A Língua Brasileira de Sinais - Libras é aquela com a qual os indivíduos surdos se expressam. Levando-se em conta que, o povo surdo representa uma parcela razoável da população e que a todo o momento interagimos, direta ou indiretamente, com eles, faz-se necessário aprender a Libras. Especialmente neste momento histórico em que a comunidade surda faz valer seus direitos com a sanção da lei 10.436 (Lei de Libras) e sua regulamentação com o Decreto nº 5.626, que traz em seu conteúdo o reconhecimento de Libras como uma língua e estabelece o uso e difusão desta em todas as esferas de poder.

Considerando a luta de todo movimento de pessoas surdas, no Brasil, e todo o processo histórico que suas comunidades vêm enfrentando para que a Libras seja reconhecida como língua nacional e língua de direito do surdo brasileiro, tornando-o assim bilíngue, e procurando atender a demanda de mais profissionais na área da educação e em outras esferas de mercado é que se propõe o curso de Pós-Graduação em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) - Ensino, Tradução e Interpretação.         

  1. Público Alvo

Todos aqueles com formação em nível superior que desejam aprender a língua de sinais e atuar como professores bilíngues (desde que tenham licenciatura, nos termos do decreto 5.626, de 22/12/2005) e ou tradutores e intérpretes de Libras.

  1. Objetivos
  2. Objetivo Geral

Compreender a língua de sinais com base nos estudos linguísticos e os fundamentos da educação de surdos, além prover uma introdução aos estudos da Tradução e interpretação em LIBRAS.

  1. Objetivos Específicos

Propiciar as condições para que os alunos sejam capazes de:

  • Entender as regras gramaticais para formação de sinais;
  • Conhecer números cardinais, ordinais, e de valores;
  • Explorar o espaço de sinalização;
  • Situar a conversação no tempo;
  • Entender as regras gramaticais para “apropriação da língua”;
  • Saber sinalizar usando o espaço de sinalização;
  • Diferenciar entre o espaço topográfico e os pontos espaciais estabelecidos;
  • Exercitar a leitura do alfabeto manual (datilologia frontal, lateral);
  • Contrastar pontos espaciais pela apontação e do uso do corpo;
  • Identificar classificadores e descrever pessoas e objetos de acordo com o jeito de ser comparando as diferenças e similaridades;
  • Desenvolver estruturas narrativas. Contar histórias utilizando classificadores;
  • Entender aspectos históricos dos surdos no Brasil;
  • Adquirir habilidade de leitura de sinais soletrados lexicalizados ou não lexicalizados;
  • Consolidar o espaço de sinalização;
  • Utilizar os recursos espaciais, corporais e faciais;
  • Planejar em língua de sinais;
  • Entender os tipos textuais;
  • Fazer narrativas em língua de sinais;
  • Estabelecer marcas não manuais no discurso em língua de sinais;
  • Entender a história no campo da tradução e interpretação;
  • Compreender conceitos de fidelidade na tradução e interpretação;
  • Treinar processos de interpretação;
  • Realizar e justificar escolhas no processo tradutório;
  • Aprender Libras tátil e código braile tátil;
  • Entender história da surdocegueira;
  • Entender o que é ética e discernir sua aplicabilidade no campo da tradução nas diferentes áreas de atuação.
  1. Matriz Curricular
Disciplina CH
Questões históricas, teóricas e políticas sobre surdez 15h
Diferença, identidade, cultura e diversidade no âmbito da
surdez.
15h
Introdução aos Estudos da Tradução 45h
Introdução a Escrita dos Sinais 30h
Libras I 30h
Libras II 30h
Libras III 30h
Ética do Profissional Intérprete 30h
Questões linguísticas - introdução
à linguística da Língua de
Sinais
45h
Análise do Discurso 15h
Introdução à Sociolinguística 45h
Didática e Metodologia do Ensino Superior 15h
Metodologia de Pesquisa 15h
TOTAL 360 h

 

  1. Ementário

Questões históricas, teóricas e políticas sobre surdez

Movimentos Surdos e educacionais no Estado do Espírito Santo e no Brasil: novas concepções e representações. Estudos Surdos em educação e sua localização teórica. Pesquisas realizadas nesta metodologia. A legislação como massa discursiva das políticas linguísticas construindo novas políticas educacionais.

Diferença, identidade, cultura e diversidade no âmbito da surdez

As questões culturais. Cultura extraída de diversos conceitos. Conceitos de diferença, identidade, igualdade e diversidade na constituição de políticas educacionais para educação inclusiva.

Introdução aos Estudos da Tradução

Bases da tradução como teoria. Introdução aos tipos de tradução intralingual, interlingual, intermodal e intersemiótica. Compreender que a tradução ocupa um lugar central, pois é forma de se comunicar com os ouvintes e também entre os próprios surdos.

Introdução a Escrita dos Sinais (SW)

Aquisição do sistema de escrita de língua de sinais pela compreensão dos códigos próprios da escrita de sinais e trabalho prático com a mesma. Ler e produzir pequenos textos em SW. Escrita de Sinais (SW) Tradução de SW.

 

Libras I

Uma perspectiva de língua como fato social. Conhecer a gramatica da língua de sinais. Compreensão e produção de sinais. Atividades para fixar o conhecimento dos aspectos da língua.

Libras II

A “apropriação” do espaço de sinalização. As questões gramaticais que envolvem a localização espacial. Expressões faciais, diferenciando as relacionadas com afetividade, das que fazem parte da prosódia da Libras indicando os tipos de estrutura utilizada nesta língua. Compreensão e produção de sinais.


Libras III

A consolidação do espaço de sinalização. Abordagem das questões gramaticais que envolvem a utilização de meios utilizando os recursos espaciais, corporais e faciais. Desenvolvimento da criação e manutenção de referentes ao longo do discurso, habilidade de planejar em língua de sinais utilizando recursos gramaticais e pragmáticos necessários, estabelecimento de marcas não manuais no discurso e estudo da tipologia textual na língua de sinais pelos diferentes contextos.

Ética do Profissional Intérprete

Identificar e problematizar os desafios organizacionais com flexibilidade e adaptabilidade. Articular o conhecimento sistematizado com a ação profissional. Entender a diferenciação entre éthos e êthos e a influência deles na prática profissional. O êthos, grafado com eta (ήθος), e o éthos, com epsílon (ἔθος).

Questões linguísticas - introdução à linguística da Língua de Sinais

Analisar os aspectos linguísticos da Libras: fonológicos, morfológicos, sintáticos e semânticos-pragmáticos. Gramática da Libras. Questões Linguísticas da Libras: morfologia, fonologia, sintaxe.

Metodologia de Pesquisa

Elaboração de projeto de pesquisa e de monografia de nível de pós-graduação.

Introdução à Análise do Discurso

A constituição da análise do discurso. A noção de discurso: condições de produção, ideologia, efeito de sentido e sujeito. Formação discursiva, interdiscursividade, memória discursiva e história. Polifonia e heterogeneidade discursiva. Os gêneros discursivos.

Introdução à Sociolinguística

A língua nos contextos sociais. Modelos de teoria e análise sociolinguística. Variação e mudança linguística. Etnografia da fala. Variedades padrão e não-padrão, registros, estilo. A sociolinguística e o ensino de línguas

Didática e Metodologia do Ensino Superior

Funções sociais da educação superior. Importância e necessidade da formação pedagógica do professor universitário. Dimensões do processo didático e seus eixos norteadores: ensinar, aprender, pesquisar e avaliar. A organização e o desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem: os planos de aula e os programas de aprendizagem. Os objetivos de ensino, os conteúdos programáticos as estratégias de ensino-aprendizagem. As interações em sala de aula: o papel dos professores e dos alunos.

 

Para maiores informações entrar em contato através do email

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

::/fulltext:: ::cck::59::/cck::

Share

Google View

Siga-nos no Twitter